Cadê o Dylan?

maxresdefault (5)

Cadê Dylan? Alguém viu o cantor por aí?

Ontem (17), enquanto me atualizava lá no twitter (@culturalmentf), vi várias notícias sobre Dylan. Não, não era sobre a repercussão da nomeação dele ao Prêmio Nobel de Literatura, mas, sim, sobre a procura da Academia Sueca (responsável pelo prêmio) por ele.

Desde que foi nomeado, Dylan e sua produção não respondem a nenhum e-mail nem ligação da Academia, que acabou desistindo de falar com o cantor para oficializar a nomeação e o convidar para o grande dia 10 de Dezembro, onde todos os nomeados recebem o prêmio da mão do Rei da Suécia.

Segundo a secretária da Academia Sara Danius, a equipe tentou de tudo mas não conseguiu: “Atualmente, não estamos fazendo nada. Telefonei e enviei e-mails ao seu colaborador mais próximo, e obtive respostas muito amáveis. Até o momento, isso é tudo”.

Se ele irá aparecer ou não, essa é a grande questão… Para Sara, ela acha que ele aparecerá, sim. “Não estou preocupada, tenho a impressão de que se manifestará (…) Se não quiser vir, não virá. Apesar disso será uma grande festa. O prêmio pertence a ele”.

No dia em que foi nomeado, Dylan fez um show em Las Vegas e não comentou NADA sobre o assunto. Na internet isso foi um assunto bastante polêmico entre os críticos, escritores, músicos, jornalistas e, parece, que para o próprio cantor, também. Foi algo que dividiu opiniões, foi O assunto mais comentado do dia – 13 – nos TT’s, que gerou discussões entre A e B, que depois debateu com C. Depois desse “bafafá” todo o Bob Dylan não me aparece… Ah vá…

Será que ele realmente vai aceitar o prêmio? Será que até ele acha esse prêmio pouco/meio que polêmico.

E você, o que acha dessa confusão que um Prêmio Nobel está causando?

Comente aqui, e debata com a gente 😀

Gostou do meu post? Então compartilha!

Carol Cruz

Uma pessoa completamente apaixonada pela cultura (por todo tipo de cultura), uma produtora vidrada pelo mundo do teatro, principalmente dos musicais. Viciada em uma adrenalina de uma produção, seja ela em um ao vivo ou em um evento. Fofurices me encantam mas Caetano também. Escreve culturalmente através deste blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *